queijos-na-asia

Queijo na Ásia

Queijo na Ásia: onde anda ele?

Mais do que falar sobre o queijo na Ásia, vamos tentar perceber por que é que não há queijo na Ásia.

Desde 1 de agosto que ando a laurear a pevide pela Ásia. Já fui ao Japão, seguiu-se o Vietname, Tailândia e agora Laos (sou uma exibida, eu sei) e há uma pergunta que me inquieta: onde anda o queijo? Cadé?

E não é de agora. Assim de repente, quando andei pela Indonésia e pela Índia também não me lembro de ver muito queijo. Ok, ok há o paneer na Índia, mas o panerr é um queijo que não é bem queijo, apesar de ser MUITO bom.

Em Laos:

Aqui em Laos, onde o animal-simbolo é o búfalo e onde é possível vê-los a pastar em cada canto, dou por mim a fantasiar com frequência com mozzarella.

Se há búfalos, façam mozzarella.

Se há vacas e ovelhas, façam queijo.

A sério que aconteceu ao queijo na Ásia? Porque há tão pouco e tão pouca variedade? Mesmo exportado, encontra-se gouda ou feta e pouco mais – ou então, são caros, caros.

Sobretudo em países mais pobres, tipo Laos ou o Camboja, não faria sentido aproveitar os animais ao máximo e produzir os seus derivados?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *