nomada-digital-lisboa

Ser nómada digital em Lisboa

Honestamente, não posso dizer que tenha experimentar ser nómada digital em Lisboa. No fundo, para mim, foi mais como voltar a casa. Vivi aqui em dois momentos da minha vida e não só pelo aeroporto e pelas cidade, mas muito pelos amigos; venho a Lisboa todos os anos. Aliás, adooooro a cidade.
E nem me venham com o questão existencial “Lisboa ou Porto”, porque simplesmente adoro as duas e facilmente vivia numa das duas! Sim, Lisboa pode ter melhor clima. Todavia, perde muito na pastelaria, onde o Porto ganha a passos largos. E se a vossa resposta para pastelarias em Lisboa passa pela Padaria Portuguesa, amigos, nem vou discutir com vocês. Adiantes, afinal como é ser nómada digital em Lisboa, humm?

Como eu dizia antes de Lisboa estar na moda, já eu gostava de Lisboa. Assim sendo, tinha que ser também um destino a experimentar. Contudo, como tenho aqui amigos e família a duas horas de viagem, não pude propriamente experimentar as maravilhas de ser nómada digital em Lisboa. Refiro-me aos coworkings catitas, às muitas meetups, eventos e encontros e afins, que há pela capital.
Ainda assim, confirma-se: Lisboa continua linda e recomenda-se!

vistar-lisboa-com-criancas

Nomadismo digital em Lisboa: PONTOS POSITIVOS

O clima, a paisagem, a boa (e barata) comida portuguesa são para mim os principais pontos fortes e que fazem de Lisboa um dos destinos mais queridinhos dos nómadas digitais! Além disso, convenhamos, os portugueses são gente decente e simpática, o que sempre ajuda.
Outro ponto a favor prende-se com o idioma. Não no sentido que seja fácil de aprender, mas porque mesmo não entendendo, os portugueses fazem “um esforço” e, nas principais cidades, facilmente se encontra quem, pelo menos, arranhe o inglês.
Além disso, Lisboa é uma capital. Logo, a oferta cultural, de serviços, assim como comércio é vasta. Além disso, o principal aeroporto está aqui e à volta, o que não faltam são praias e cidades para visitar!

Além disso, estive em Lisboa em junho, que é só o melhor mês de todos na capital. Afinal, a “Bica é liiiiiiinda!” Refiro-me às festas do Santo António de Lisboa.

Nomadismo digital em Lisboa: PONTOS NEGATIVOS

Na minha opinião, as rendas de Lisboa e o péssimo serviço dos transportes públicos da cidade são os principais pontos negativos da cidade. Ainda mais, porque eu vivi em Lisboa, numa altura em que os transportes funcionavam e muito, MUITO bem!
É certo também que a cidade também está cheia de turistas. Tal, numa cidade tão pequena, acaba por se revelar (quase) asfixiante. Contudo, esse para mim, ainda é um mal menor.