site-de-viagens

Viajantes Barrigudos: Foto Viajar

Luís Filipe Correia Seco é o autor do site de viagens Foto Viajar, onde pode encontrar roteiros e guias de viagens, assim como fotografias, dicas para poupar dinheiro e experiências de viagem reais. Como tal, é ele o Viajante Barrigudo do mês!

“Gosto de tornar a Terra num lugar ainda mais pequeno”

blog-foto-viajar
Em Amesterdão
1. Sem ser a parte da sobrevivência, qual a importância da comida quando viajas?
Toda! Para mim, grande parte do prazer de viajar, passa por provar comidas diferentes e voltar a encontrar aquelas que me fascinaram no passado. Para além disso, também a comida nos pode dizer muito sobre a história e as vivências de um povo.
 
2. Já alguma vez escolheste um destino em função da gastronomia local?
Sim e não. Na verdade, hoje em dia, é relativamente fácil encontrar genuína “gastronomia local” em restaurantes de certos países, em cidades cosmopolitas, como Londres ou Berlim, por exemplo. Não me refiro a quaisquer restaurantes mas sim àqueles onde encontramos clientes que claramente procuram comer os pratos da “sua terra”.
blog-de-viagens
Dunas de Erg Chebbi, em Marrocos

3. Gastronomia/país que mais te surpreendeu no que toca à comida?
Gostei muito de alguma comida polaca, como a tradicional Zurek. É uma espécie de sopa de um caldo feito à base de levedura de centeio servida dentro do próprio pão torrado. Felizmente, descobri-a no segundo ou terceiro dia duma road trip de nove. Isto significou que passei o resto da viagem à procura da Zurek. Acho que comi umas 4 ou 5 vezes… Vegetariana, com ovo, batata, salsichas,… Deliciosa! Ainda por cima fez-me lembrar um pouco a açorda de alho do meu Alentejo. Também sou louco por comida marroquina e tailandesa.

4. Melhor comida de rua 
Não me recordo de nada assim incrivelmente marcante. Mas adoro experimentar tudo o que me pareça apetitoso (e barato). Se forem doces, também pode ser…

5. A melhor refeição em viagem 
Difícil de responder a tudo o que seja “a melhor”. Posso dizer que já tive muitas muito boas.

6. A pior refeição em viagem
Não tenho assim grandes más recordações, porque escolho sempre pratos de cujos ingredientes sei que vou gostar. Não porque não seja aventureiro, mas se já sei que não aprecio, porquê insistir? Dito isto, a minha mulher não conseguiu comer as sandes de peixe que vendem perto da Ponte de Gálata, em Istambul…

site-de-viagens
Nas Maldivas

7. A refeição mais cara 
Escolho os restaurantes em função também do preço. Sinceramente, não me recordo de nenhuma extravagância assim chocante.

8. A comida mais estranha até hoje e onde
Simplesmente nunca aconteceu. Talvez quando voltar à Ásia.

9. Que comida mais sentes falta em viagem?
Talvez a comida tipicamente alentejana (sou de Évora).

10. Se tivesses de escolher um tipo de comida, para comer para sempre, seria:
Comida vegetariana vietnamita. Ainda não fui ao Vietname, mas procuro sempre um restaurante vietnamita onde quer que vá.

 

*Todas as fotos são de Luís Seco, do site de viagens Foto Viajar