comer-no-gaggan-bangkok

Comer no Gaggan, o melhor restaurante da Ásia

Sobre comer no Gaggan e deste ser o melhor restaurante da Ásia, permitam-me que diga que não sou eu quem o diz. São outros! O restaurante Gaggan em Bangkok foi considerado:

  • O melhor restaurante da Ásia nos últimos 4 anos
  • O 7º melhor restaurante do mundo em 2017, de acordo com o 50Best
  • Tem duas estrelas Michelin

Quando comecei a ver que ia passar o Natal em Bangkok, começou a surgir a vontade de fazer algo especial neste dia. E por algo especial, diga-se: comer bem.  Obviamente que comer no Gaggan é caro, que é, mas um dia não são dias e, em podendo, por que não? Foi neste espírito que fizemos a reserva para comer no Gaggan no dia 25 de dezembro.

Chegou o dia 25 e lá fomos nós. Procurei na mochila as roupas mais decentes – o que para alguém que anda de mochila às costas de fevereiro não foi propriamente fácil e sempre a esconder o buraco que tenho no sapato, lá entrei no Gaggan em Bangkok, às 11h00, para uma experiência gastronómica que prometia durar pelo menos três horas.

É que no Gaggan o serviço começa à mesma hora para todos e o pedido não é à la carte, pois o meu do restaurante Gaggan é igual para todos.

O menu do Gaggan

Primeiro, há que entender uma coisa, embora tenha a influência de várias gastronomias, a comida do Gaggan é indiana – e boa, muito boa. O chef, o chef indiano Gaggan Anand, define-a como “comida progressista indiana”. Acho que quem já esteve na Índia (foi o meu caso), acaba por entrar numa viagem louca de sabores e experiências. Muitos dos sabores estão lá, mas também os cheiros. Se bem que de uma forma menos bruta.

Quando chegamos, o menu é-nos apresentado em forma de emojis. Sim, emojis – leram bem. 25 emojis em lista, sendo que cada emoji corresponde a um prato – e sim, são 25 pratos de comida para mais de três horas de refeição. No final da refeição, voltam-nos a dar o menu, mas desta vez com os emojis e o nome de cada prato.

Outra particularidade interessante é que há excepção de dois pratos, tudo se come à mão – ou com a língua (já lá vamos). Agora aqui ficam os pratos – desculpem a qualidade de algumas fotos, mas dá-me alguma vergonha fotografar comida!

1. A little 🍊citrus

comer-gaggan
A little 🍊citrus

Para começar, uma bolachinha com gelado de laranja, bem fresquinho. Venha o próximo.

2) Yogurt 💥 Explosions

gaggan-bangkok
Yogurt 💥 Explosions

Este, em termos de textura, é dos pratos mais interessantes e tem de ser comido de uma vez só. A textura quase faz lembrar uma ostra, mas depois BUM explode na boca e liberta todo o líquido dentro.

3) What did u 👅 lick?

gaggan-bangkok-restaurante
What did u 👅 lick? – um dos pratos assinatura do Gaggan

Se até aqui estava tudo caladinho na sala, com este prato do Gaggan o ambiente na sala mudou completamente. Tal como podem ver na imagem, é para lamber. De baixo para cima! Sabia a Índia!

4) Chili 🌶️ egg nest

restaurante-gaggan-bangkok
O Chili 🌶️ egg nest do Gaggan

Possivelmente, um dos pratos do Gaggan mais bonitinhos, pois reconstruía na perfeição um ovo num ninho! A partir daqui, os pratos eram servidos numa base branca que, segundo os empregados, poderíamos juntar para fazer um puzzle no final.

5) Idly sambar 🍚 breakfast

gaggan-restaurante-bangkok
O Idly sambar 🍚 breakfast

Possivelmente, o bolo mais esponjoso que já comi, mas não foi dos pratos do Gaggan que me mais me encheu o coração – ou o estômago!

6) Bombay bhel 🥪 sandwich

gaggan-bangkok
Eis a Bombay bhel 🥪 sandwich do Gaggan

De certeza que quando pensam em comida indiana e em sandes, que não é isto que vos vem à mente, certo?

7) Egg tart 🥚 chewar

comida-gaggan-bangkok
A Egg tart 🥚 chewar do Gaggan

Este foi de todos os pratos que tive a oportunidade de comer no Gaggan, aquele que eu menos gostei.

8) Charcoal ⚫ pyaz kachori

restaurante-bangkok-gaggan
O lindão Charcoal ⚫ pyaz kachori do Gaggan

Este foi sem dúvida um dos meus favorito no Gaggan. Por fora, super crocante, mas suave e por dentro: cuuuuuuury! E lindo que só ele!

Aqui acabaram as bases de louça, com as quais deveríamos fazer o puzzle. O puzzle era a Índia, mas sinceramente eu não a vi representada, na forma final. Escapou-me!

9) White aspargus 🍦 not it’s cauliflower

comer-em-bangkok-no-gaggan
O White aspargus 🍦 not it’s cauliflower

Quando o empregado pôs o prato na mesa e disse que aquilo era couve-flor, uma pessoa não podia desconfiar. Melhor couve-flor da vida – aprende mãe!

10) Cheese 🥖 porcini pav

menu-gaggan-bangkok
O número 10 do menu do Gaggan: Cheese 🥖 porcini pav

Surpresa das surpresas não era UM queijo, era o resultado da fusão de vários pratos. Admito: lambi o papel!

11) Eggplant🍆  pomegranate sundae

gaggan-comer
Eggplant🍆  pomegranate sundae

Primeiro, deixei-me dizer que ainda hoje berinjela é algo que associo muito à comida turca. Este prato do Gaggan, além da berinjela tinha no topo romã – também muito turco. Por isso, ele que me desculpe, mas este prato sabia a Turquia.

12) Puchka liver 🍷 mulled wine

eatatgaggan-restaurante
Puchka liver 🍷 mulled wine

Quando o empregado disse que por dentro havia um vinho índio, fiquei curiosa, pois não sabia o que esperar. O sabor fez-me recordar um pouco o gluhwein, o vinho quente servidos nos mercados de Natal, contudo bem mais intenso!

13) Sea urchin 🌊 hay ice cream

eat-at-gaggan-menu
O prato 13: Sea urchin 🌊 hay ice cream

Para início de conversa, eu adooooro ouriço do mar. Podem-se servir “só” aquilo, que eu já sou feliz. Quando o empregado chegou à mesa com o bichinho, quase-se-me-deu-um-baque-de-emoção! Que lindo!

14) Otoro sushi 🍣 tribute

eat-at-gaggan-bangkok
Otoro sushi 🍣 tribute

Como durante a refeição não tínhamos o nome das comidas, apenas os emojis, era sabido que a 14ª comida seria um sushinho bom – e não desiludiu!

15) Winter carrots 🥕 pepper soup

Winter carrots pepper soup
Sopinha: Winter carrots 🥕 pepper soup

Com a chegada da sopinha, as entradas terminaram. Depois da sopa de cenoura, vieram os pratos principais. Desculpem, não haver foto da sopa, mas já vos disse que não sou boa nestas coisas de fotografar comida! Pensem num cor-de-laranja/vermelho espesso.

16) River prawn 🦐 balchao

river prawn 🦐 balchao
O prato 16: river prawn 🦐 balchao

Simplesmente delicioso. Nada mais a dizer.

17) Scallops 🥥 cold curry

restaurante-gagan
Vieiras – Scallops 🥥 cold curry

Este foi outro dos meus pratos favoritos. As vieiras eram tão boas, tão levezinhas. Adorei!

18) Tibetiam momo 🥟 pork vindaloo

gagan-bangkok
Tibetiam momo 🥟 pork vindaloo

A esta hora, já começa aquela sensação: “isto está para acabar”. Talvez por isso nos compensem com um quatro em um.

19. Lamb chop 🍋 lemon chili

comer-no-gagan-bangkok
Lamb chop 🍋 lemon chili

Sem dúvida que o cordeiro foi outro dos meus favoritos. Além disso, como é comida à mão, o nosso nariz está bem próxima da carne…. e era incrível!

20) Sea vass 🔥 bengali paturi

comer-no-gagan-em.bangkok
Sea vass 🔥 bengali paturi

Este é possivelmente dos pratos mais teatrais, pois chega à mesa bem quente, com as filhas de banana a crepitar, logo com o peixe dentro ainda a ser cozinhado.

21) Grandmas egg spinach 🌟 my death star

restaurantes-em-bangkok
Grandmas egg spinach my death star

Sinceramente, quando o prato 21 chegou à mesa, a minha primeira referência foi o Pokemon, isto porque o set chega à mesa como uma bolinha azul. Contudo, não – parece que a menina aqui não sabe nada de Star Wars.

22) This rose 🌹 has no thorns

comer-em-bangkok
A primeira sobremesa do Gaggan: This rose 🌹 has no thorns

Como podem ver, comer no Gaggan significa estar atento a umas quantas referências da cultura actual. É também assim que ele começa a sobremesa, bem ao estilo da Bela e do Monstro.

23) Achu murukku 🍓strawberry yogurt

onde-comer-em-bangkok
Sobremesa de morango do Gaggan

Por norma, não gosto muito de sobremesas e doces de morango. Adoro a fruta, contudo tudo que é doce de morango, nunca me sabe ao original, é sempre muito doce.  Todavia, esta sobremesa de morango, sim, senhor: encheu-me as medidas.

24) Ying & Yang ☯️ salt pepper porcorn

ganggan-ying-yang
Foto de IG @gaggan_anand

Se visualmente já é bonita, de sabor é ainda melhor!

25) Dark side 🌈 of the moon

comer-no-gaggan
O último prato: Dark side 🌈 of the moon

Obviamente que o último prato é muuuito importante. Afinal, é ali que tudo acaba e tem de acabar em alta, aquela vai ser a nossa última memória! E foi muuuito bom! Puseram o álbum Dark side of the moon dos Pink Floyd a tocar e estava tudo alinhado para correr bem. O prato era uma explosão de cor e era ver toooodos no restaurante a lamberem os dedos e a limpar tudinho!

Opinião sobre o Gaggan:

restaurante
Interior do Gaggan

Obviamente que comer no Gaggan não é barato, contudo a experiência é incrível e no final, nem dóis muito os 200 euros (por pessoa) que ali se deixa. A refeição deveria durar três horas e durou cerca de uma hora mais, sem que o tempo custasse a passar ou fosse chato. Pelo contrário.

Além disso, o espaço, assim como os empregados é bem relaxado e nada pretensioso.  Aliás, os empregados são beeem divertidos – até piadolas sobre cocaína ouvi!

Quanto à comida, que é o que verdadeiramente importa, é muito boa mesmo. Além disso, estamos a falar de comida indiana, um tipo de gastronomia farta, também muito associada à comida de rua, grandes quantidades e onde tudo (do sabor ao cheiro) é cheio de intensidade e até agressivo. Se vão comer no Gaggan, vão sentir a Índia, mas de uma forma gentil, sem deixar de ser muuuito saborosa.

Morada do Gaggan:

68/1 Soi Langsuan
Ploenchit Road
Lumpini
Bangkok 10330

Todavia, não vale a pena irem sem fazer reserva. Para reservar, façam-no através do site – AQUI

Pontuação ao Gaggan em Bangkok: 20