apps-para-viagem

As melhores apps de viagem

Se me disser que não usa apps de viagem, vou duvidar muito, mas mesmo muito! Hoje em dia, seja para comprar o bilhete da viagem ou reservar o hostel, usamos a Internet para quase tudo. Inclusive para encontrar dicas, desde os horários do museu ao menu dos restaurantes. Assim sendo aqui ficam algumas apps. de viagem super úteis e que vale a pena ter instaladas no telemóvel.

    1. Apps de comunicação
    2. Apps de finanças
    3. Apps para comprar viagens
    4. Apps de alojamento
    5. Apps de transportes
    6. Apps de entretenimento

1. Google Maps

MELHOR APP VIAGENS DE SEMPRE – sobretudo para uma pessoa perdida como eu! Sou dessas que antes até desenhava mapas e caminhos. Aliás, na verdade era dessas chatas que de dois em dois metros pedia direcções. Não entendo mapas e a esquerda e a direita confundem-me!
Além disso, hoje em dia o Google Maps também tem informação do transporte público integrado o que é, assim de repente, uma pequena maravilha – amo! Por exemplo, no Japão era super exacto e tendo em conta que o meu japonês é nulo, foi mesmo muito útil! O maior problema do Google Maps é que come dados. Nesse sentido, recomendo-vos o MAPS.ME, uma app de viagens, com mapas offline e muito funcionais.

2. Instagram

Embora todo este mundo de selfies e filtros me desespere – ainda no outro dia estava no Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro e era incrível a quantidade de pessoas mais interessadas em se fotografar e filmar do que em explorar o museu! Enfim,… Como dizia, todo esse egocentrismo do Instagram passa-me um pouco ao lado. Contudo, gosto de usá-lo para explorar mais sobre os locais que quero conhecer. Deste modo, acabo sempre a descobrir pequenas relíquias!

3. Google Translate

Até à minha viagem no Vietname, nunca tinha dado muito valor ao Google Translate para ser honesta. Contudo, no Vietname, o Google Translate passou a ser ferramenta. Simplesmente amava quando as pessoas me punham o Google Translate à frente e, assim, comunicávamos.

4. App de meteorologia

No campo das apps do tempo, longe de mim de dizer qual é a melhor ou a pior. Sou uma pessoa simples, basta-me saber se chove ou faz sol ou se estão 5 ou 25 graus. Aliás, só na Holanda é que aprendia a apreciar as apps de meteorologia. Afinal, se há sol das 11h45 às 13h55 convém mesmo não nos atrasarmos para o barbecue no parque, certo?

5. Lanterna

Actualmente, o meu telemóvel tem esta funcionalidade, mas antes tinha um que não a tinha. E lembro-me muito bem de ir a caminho de Aguas Calientes e ir desesperada por uma luzinha! A verdade é que a lanterna é supimpa e super útil. Pessoalmente, já sou meia toupeira e, convenhamos, a idade não ajuda.

 

 

Apps de comunicação

via GIPHY

6. Chats

Ou seja, Skype ou WhatsApp. Pessoalmente, sou team WhatsApp e para quem está longe de casa é, só assim, uma pequena maravilha na hora de mandar fotos, mensagens e até chamar. Até a infoexcluuída da minha mãezinha já usa WhatsApp!

7. Email

Mesmo de férias, será que alguém vive sem email, humm?

 

Apps de finanças

via GIPHY

8. XE

A par do Google Maps, o XE é outra das minhas apps de viagem favoritas. Basicamente, faz a conversão do dinehiro e como os cambios são atualizados com frequência, tende a ser bastante certinho.

9. Bancos online

Que eu saiba as apps de viagem no campo de finanças mais amiguinhas dos viajantes são o Revolut e o N26. Pessoalmente, tenho conta no N26 e fiz uma no Revolut, para uma eventualidade – e já foi útil. Ambas as apps são catitas e fáceis de usar. Pessoalmente, prefiro o N26, se têm o Black Card, este funciona também como seguro de viagem e ainda vos permite levantar dinheiro sem cobrar taxas. Note que quando há taxas cobradas, essas são do serviço de multibanco. Outra coisa boa do N26 é que faz a conversão na hora e não fica à espera do melhor momento. Ou seja, o momento em que o cambio está mais alto e onde o próprio banco é o único que sai a ganhar!

 

 

Apps para comprar viagens

via GIPHY

10. Apps para comprar voos

Hoje em dia com a oferta louca de voos, importa sempre comparar, comparar e comparar para conseguir não só os melhores preços, mas também horários. Existem várias apps para comprar voos, como a eDreams ou a Momondo. Pessoalmente, tenho uma preferência pelo Skyscanner – ainda que vá sempre confirmar na página oficial. Depois acabo por comprar onde a coisa sai mais barata. Sim, admito, nisto de viagens sou uma rata, vou ao mais barato, nem que seja por 1€!

11. Comboios, autocarros e voos na Europa

Para viagens na Europa, têm sempre a Omio, antiga GoEuro. Além de voos, compara também as viagens de autocarro e de comboio, o que é óptimo. Contudo, muitas vezes uso-a apenas para investigar e acabo por comprar no site oficial. Ainda mais, muitas vezes acabo por descobrir mais horários disponíveis, assim como viagens mais baratas.

 

 

Apps de alojamento

via GIPHY

12. Booking

Ora, viajar significa dormir noutro sítio, logo o Booking, mesmo com aquele visual ultrapassado, continua a ser melhor coisinha que anda por aí. Ainda mais, o facto de permitir comentários de outros utilizadores, também ajuda muito na hora de decidir.

13. AirBnb

Sobretudo, para as viagens que fiz enquanto nómada digital, o AirBnb foi sempre muito útil. Afinal, se é para ficar um mês ou mais tempo num local, uma casa é bem mais conveniente.

 

Apps de transportes

via GIPHY

14. Bicicletas e trotinetas

Estes novos meios de transporte chegaram para ficar e mais do que uma modinha e tendência, deveriam ser encarados como essenciais. Contudo, o modo como podemos ter acesso a eles, varia de cidade para cidade. Por exemplo, se vão visitar Madrid, verão que as bicicletas são apenas para residentes. Isto, porque precisam de uma morada, para onde vos será enviado o cartão posteriormente. Já no Rio de Janeiro, basta um cartão bancário brasileiro para fazer uma conta. E, amigos, é tão, mas tão legal andar de bici no Rio!

15. Táxis

Pessoalmente, não sou fã da Uber. Embora, em  Joanesburgo na África do Sul, a tenha usado. Nesse sentido e como alternativo à Uber têm as apps de táxis como a Cabify ou a Easy Taxi, por exemplo.

 

Apps de entretenimento

via GIPHY

16. Filmes, música, séries,…

A pensar nas longas horas de voo, nos autocarros atrasados ou nas mudanças de comboio, aqui ficam algumas apps. catitas para passar o tempo:

  • Netflix (mas lembre-se de fazer antes o download das series)
  • Spotify
  • YouTube

17. Kindle

Embora prefira livros, para viajar o Kindle é a melhor coisinha – excepto, talvez, para os olhos.

18. 9Gag

No fundo, é uma app catita para matar tempo morto. O 9Gag tem um sem fim de memes e gifs, ou seja, aquele tipo de coisas inútil, que nos faz rir e que nos faz dizer “obrigada, Internet”!

 

E vocês, que apps de viagem acrescentariam a esta lista?